Aquecimento global - como você pode ajudar?

O aquecimento global no próximo meio século pode colocar mais de um milhão de espécies de plantas e animais em vias de extinção, de acordo com um estudo internacional

Thomas, principal autor do estudo publicado na revista científica Nature, disse que as emissões de carros e fábricas podem elevar as temperaturas a níveis não vistos por 1 milhão a 30 milhões de anos até o final do século, ameaçando muitos habitats. A nova análise abrangente, recrutando cientistas de 14 laboratórios ao redor do globo, descobriu que mais de um terço das 1.103 espécies nativas que estudaram em seis regiões ao redor do mundo podem desaparecer ou mergulhar para quase a extinção em 2050, conforme a mudança climática transforma planícies em desertos ou altera florestas.

O aquecimento global é amplamente atribuído ao aumento das concentrações de dióxido de carbono na atmosfera, ligadas às emissões de gases da queima de combustíveis fósseis em carros, fábricas e usinas de energia. Podemos cortar a poluição do aquecimento global reduzindo a poluição de veículos e usinas de energia.

Podemos aumentar nossa dependência de fontes de energia renováveis, como vento, sol e geotérmica. E podemos fabricar aparelhos mais eficientes e economizar energia.

Mas tudo isso levará tempo, em vez disso, devemos pensar em alternativas que podem ser feitas imediatamente, como compartilhar caronas ou carpool, usando combustível limpo como o GNV. Não há razão para esperar e torcer para que os veículos com células de combustível de hidrogênio resolvam o problema no futuro. De imediato, devemos difundir as tecnologias existentes para a construção de carros mais limpos e geradores de eletricidade mais modernos.

Se as tendências atuais continuarem, o aquecimento global terá efeitos catastróficos como:

• O derretimento das geleiras, o degelo precoce da neve e secas severas causarão escassez de água mais dramática no oeste americano.

• A elevação do nível do mar levará a inundações costeiras na costa leste, na Flórida e em outras áreas, como o Golfo do México.

• As temperaturas mais altas da superfície do mar irão alimentar furacões mais intensos nas costas do Atlântico sudeste e do Golfo.

• Florestas, fazendas e cidades enfrentarão novas pragas e mais doenças transmitidas por mosquitos.

• A destruição de habitats como recifes de coral e prados alpinos pode levar à extinção muitas espécies de plantas e animais.


Fatos tão alarmantes exigem alguma ação séria da parte de cada um e podemos contribuir compartilhando nossos veículos e fazendo caronas em nossas cidades.

Ir para página inicial